Páginas

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Bacalhau à Gomes Sá Temperado com Tempestade

Hoje depois de um dia de mau tempo, em que nos encontrávamos sob alerta da protecção civil e em que foi impossível colocar de lado a sensação de perplexidade perante a tragédia e o desespero de alguém, que tão próximo de nós, passou por momentos de aflição e pânico, apetecia-me um sopa reconfortante. 

Mas, como já tinha bacalhau a demolhar, prossegui com os planos iniciais - Bacalhau à Gomes Sá.
Não que tenha ficado triste pelo facto de jantar Bacalhau à Gomes Sá, que adoro. No entanto, hoje a sua confecção não foi feita de forma tão efusiva como é costume.

Desta vez o meu pensamento estava centrado na tragédia que assolou a minha Ilha na madrugada de segunda-feira, quando nada se previa. Houve caminhos cujo alcatrão desapareceu para dar lugar a ribeiras, casas inundadas e pessoas desalojadas. Também o facto de ontem ter dormido mal, por causa deste acontecimento, não ajudou ao meu estado de espírito de hoje. 

O facto de uma situação destas ocorrer tão próximo de nós, com pessoas que conhecemos e sem que nada se fazesse esperar, faz-nos efectivamente ter a noção da nossa pequenez e insignificância.

Nós não controlamos a natureza, esta deixa-nos ter essa ilusão, mas de facto somos nós que somos controlados por esta e de um momento para o outro podemos passar de uma situação estável a uma de desespero total. 

Bem, mas para reconfortar a alma e aliviar um pouco estes pensamentos, deixo-os com um Bacalhau à Gomes Sá.  





Ingredientes:

2 postas de bacalhau demolhado de véspera;
4 batatas médias;
1 cebola grande;
2 dentes de alho;
4 colheres das de sopa de azeite;
1 ovo:
Azeitonas q.b.;
Salsa;
Sal;
Pimenta;
1 folha de louro;
Pimenta da jamaica.


Preparação :

  1. Cozer o bacalhau, limpá-lo de espinhas e de peles e lascá-lo grosseiramente;
  2. Lavar as batatas e cozê-las cortadas ao meio mas ainda com casca, temperar com sal;
  3. Depois de cozidas pelá-las e cortá-las aos cubos;
  4. Cozer o ovo, descascá-lo e cortá-lo em rodelas;
  5. Descascar as cebolas e o alho;
  6. Cortar a cebola em meias luas e os alhos em rodelas;
  7. Numa sertã ou tacho, colocar o azeite, onde se aloura a cebola e os alhos e se acrescentar o louro e a jamaica;
  8. Mais tarde adiciona-se o bacalhau e mexe-se tudo;
  9. Liga-se o forno;
  10. Num recipiente que possa ir ao forno colocam-se as batatas e o preparado anterior, ao qual se rejeitou o louro e a jamaica;
  11. Mistura-se tudo delicadamente, rega-se com azeite e vai ao forno até estar coradinho;
  12. Por fim, decora-se com as azeitonas, os ovos e a salsa picada. 

20 comentários:

  1. Um prato de bacalhau bem apreciado cá em casa.
    O teu ficou com muito bom aspecto.
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Olá São, obrigada, cá por casa também é um prato de eleição.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Ésta é uma das mil e uma maneiras de cozinhar bacalhau.
    Cá em casa é sempre um sucesso.
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das Receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Belinha

      obrigada pela visita. Também gosto muito de bacalhau de qualquer maneira.

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Olá, que delicia de receita, nunca comi bacalhau, um dia quem sabe. Adorei a receita vou fazer com os peixes que temos aqui. Que tantas receitas deliciosas encontrei aqui. Um cantinho especial.
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      quando tiver oportunidade tem que experimentar o bacalhau. Usei bacalhau seco que depois demolhei, mas há peixes secos que conseguem substituir o bacalhau e não deixam a desejar.

      Obrigada pela visita.

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Olá,
    Gosto de bacalhau seja como for, até crú!
    Este teu prato está mesmo apetitoso, apetece-me mesmo, se tiver os ingredientes sai para o jantar.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lenita, obrigado pela visita, é com enorme satisfação que lhe dou as boas vindas como minha seguidora.

      Também adoro bacalhau de qualquer maneira. Espero que tenha tido um excelente jantar aconchegado por um belo bacalhau.

      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá outra vez,
      vim agradecer a tua visita no "Sementes Mágicas" o blogue que dedico ao meu trabalho profissional.Contudo acho que talvez apreciasses o outro chamada "Tentações Sobre a Mesa" cuja temática o nome deixa adivinhar... a culinária, claro!
      Bjs

      Eliminar
    3. Olá Lenita,

      vou com certeza apreciar o "Tentações sobre a mesa", mas confesso que o "Sementes mágicas" também me interessa uma vez que trabalho com crianças. Parabéns pelo excelente trabalho.

      Beijinhos.

      Eliminar
  6. o que dizer?
    AI QUE DELICIAAAAAAAAAAAAAAAA.
    beijocas,fique bem.
    bom descanso.

    ResponderEliminar
  7. Cá por casa adoramos bacalhau à gomes de sá, aliás, adoramos bacalhau de qualquer maneira, até cru ! :-)
    Gulodice, eu sei ! :-))

    Que aspecto óptimo esse aí, faria as minhas delicias agora ao jantar !

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Isabel, se é gulodice então padecemos as duas do mesmo pecado, porque eu também adoro bacalhau, venha ele de qualquer maneira.

      Beijinhos

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Olá Maria Teresa,

      obrigada pela visita e por me seguir, é com muita satisfação que lhe dou as boas vindas.

      Beijinhos

      Eliminar
  9. é uma das minhas receitas de bacalhau preferidas. Lamento os estragos causados pela tempestade. A natureza tem uma força impressionante, por isso a respeito tanto.
    Bjs
    rosario
    http://come-bebe-sorri-e-ama.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Amiga, espero te encontrar melhor e que teus amigos estejam bem.
    Que Deus proteja a todos querida.

    Quanto ao bacalhau, mesmo tristinha, vc conseguiu fazer um prato maravilhoso.
    Bjsssss e votos de que tudo volte ao normal rapidamente.

    ResponderEliminar