Páginas

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

PREGUIÇA, PREGUIÇA E MAIS PREGUIÇA!!!


Confesso!!! Não tem sido descuido, nem muita ocupação, nem não ter acesso à Internet, nem o facto de não ter receitas, ou histórias para partilhar, tem sido PREGUIÇA. 

Pois é, muita preguiça, isto de se ter um Blog implica disciplina também nesta área, como é evidente. Por isso, a partir de agora tentarei publicar pelo menos uma ou duas receitas por semana. 

É curioso como algumas como algumas coisas não tem grande significado em determinada altura e mais tarde fazem todo o sentido. Este fim-de-semana revi o filme "Julie and Julia", já o tinha visto, no ano anterior, no dia do meu 30.º aniversário, na altura achei o filme interessante, mas este sábado houve uma identificação especial com o mesmo. Isto é, consegui-me identificar com a Julie, não tenho determinado número de receitas para fazer em determinado número de dias e ainda não me deitei no chão da cozinha rodeada de destroços de comida. Mas a verdade é que me identifiquei com os motivos e com a ideia de iniciar um Blog. Para mim, o Blog transcreveu-se na necessidade de ter um novo projecto, mas que estivesse relacionado com algo que realmente gostasse de fazer. 

Ora bem, depois de pensar pouco tempo, confesso, cheguei à conclusão que adoro comida, não só o acto de comer, nem só o acto de cozinhar, mas também de o facto de falar sobre sobre comida.

Por isso surgiu a ideia: Criar um Blog, algo semelhante aos que visitava quase todos os dias, onde poderia juntar as três coisas.     

Para além do início do projecto, também me identifiquei com a fase depois do início do Blog, em que vamos lá espreitar na esperança de termos muitos, pronto, pelo menos só alguns visitantes. Pois é! Também consegui perceber a felicidade da Julie ao receber o seu primeiro comentário. Bem, consegui empatisar com a felicidade  que ela sentiu e se algum dia tiver algum comentário provavelmente irei reagir da mesma maneira: com euforia.

Por isso vou continuar a publicar mensagens, com mais frequência, prometo, irei continuar a escrever e a perguntar-me, tal como a Julie, se alguém lê as minhas publicações. E continuarei na esperança de ter comentários para finalmente poder saber se irei reagir como a Julie, com euforia. Desconfio que sim...


Sem comentários:

Enviar um comentário